Parceiros virtuais: Chatbots e Assistentes Virtuais são iguais?

Na ficção não faltam exemplos de robôs que servem de ajudantes aos humanos, como a simpática empregada Rosie dos Jetsons ou o atrapalhado C3PO da saga Star Wars. Na realidade, robôs, ou softwares automatizados, já estão deixando nossa rotina mais ágil e eficiente, com chatbots e assistentes virtuais, com diferenças e vantagens de cada um.

Chatbots e Assistentes Virtuais já são uma realidade

Chatbots são softwares de conversa que oferecem respostas automáticas para as principais dúvidas e dificuldades dos usuários. Com aplicação no atendimento ao consumidor, os chatbots oferecem a vantagem de estarem disponíveis em qualquer dia ou horário, diretamente nos chats e aplicativos de mensagens, solucionando problemas em apenas alguns cliques.

Já os assistentes virtuais, como a Siri, Alexa ou Cortana, presentes em nossos celulares e computadores, são geralmente comandados por voz e não precisam de um aplicativo de mensagens para serem ativados. Diferente da função de atendimento dos chatbots, eles são mais associados com buscas rápidas e dúvidas pontuais, com maior capacidade de compreensão da linguagem humana e raciocínio mais elaborado.

Cada vez mais populares, os assistentes virtuais estão provocando até uma mudança na maneira que as pesquisas são realizadas já que a maneira que interagimos por voz é diferente da escrita. De acordo com o Google, 55% dos adolescentes americanos fazem buscas por voz mais de uma vez por dia, o que já corresponde a 20% do total de buscas no buscador mais famoso.  

Mudanças de comportamentos: nossos aliados robóticos

Na prática, tanto os chatbots quantos os assistentes personais estão se tornando cada vez mais completos, inteligentes e capazes de compreender até mesmo sutilezas, além de simplesmente encontrar palavras-chaves. Com a vantagem de solucionarem problemas e agilizar processos, sem precisar instalar novos aplicativos ou enviar dezenas de e-mails, tantos os chatbots quanto os assistentes virtuais oferecem uma agilidade que combina muito com as rotinas atribuladas que estamos vivenciando.

Ainda há uma evolução pela frente no que diz respeito ao aperfeiçoamento de capacidades de atuação de cada tecnologia, mas como podemos perceber, os chatbots e os assistentes virtuais estão aí para facilitar, e muito, nossa rotina e se tornarão cada vez mais necessários.

LEIA TAMBÉM