Luz, câmera e… chatbots!

Longe dos robôs cinematográficos, os chatbots mostram que é possível deixar o entretenimento ainda mais dinâmico e eficiente.

Até poucos anos atrás os únicos robôs que faziam parte do entretenimento eram ciborgues assassinos, andróides dourados ou seres prateados com inteligência superior.

Hoje, apesar de não serem tão “humanizados” quanto os personagens que crescemos assistindo no cinema, os chatbots são robôs de interação que estão modificando nossa relação com o entretenimento de maneira geral.

Pega a pipoca e vem conferir!

Chatbots no cinema: da divulgação ao ingresso

Longe da ideia de robôs prateados, os chatbots são criados para oferecer um atendimento padronizado, disponível 24 horas por dia e com linguagem amigável para os usuários, diretamente em aplicativos de mensagens e chats online. Assim, apesar de ser utilizado normalmente como um canal de atendimento de dúvidas mais comuns para grandes marcas, para o segmento do entretenimento e do cinema, os chatbots estão assumindo um papel de divulgar lançamentos e oferecer interações mais dinâmicas e divertidas para os clientes.

Já existem até exemplos práticos de robôs que já estão conversando com a gente sobre cinema: o canal TNT Brasil já está colocando chatbots para falar diretamente com clientes para contar novidades da programação ou eventos de cinema, como o Oscar ou o Grammy, com novas interações contando novidades sempre que há um novo evento desse tipo.

Outro exemplo é a distribuidora Paris Filmes que também está no Facebook Messenger promovendo lançamentos, como “Uma quase dupla”, comédia policial com Tatá Werneck e Cauã Reymond que contou com um bot na plataforma para dar informações do lançamento. O chatbot da distribuidora também oferece uma possibilidade para o cliente assinar a newsletter para acompanhar promoções e estreias.

Além das distribuidoras de filmes, o chatbot também pode ser utilizado diretamente pelos cinemas: imagine conferir a programação, próximos lançamentos e até comprar os ingressos com o combo de pipoca diretamente pelos aplicativos de mensagens, sem precisar sair do Messenger ou do Whatsapp para isso, ou acessar outros links ou aplicativos. Com os chatbots é possível deixar todo esse processo, da escolha do filme a compra da pipoca literalmente na palma da mão, apenas no celular.

Longe dos filmes de ficção científica, os chatbots já são uma realidade e podem já estar fazendo parte das suas interações online, envolvendo desde a ajuda com dúvidas no atendimento ao consumidor as sugestões de lazer e entretenimento.

Quer saber mais sobre as aplicações dos chatbots em diferentes segmentos? Acompanhe semanalmente nossas novidades aqui no blog! 😉

LEIA TAMBÉM