Como os chatbots podem ser aliados das instituições de ensino?

Muito além da tradicional dupla de “lápis e caderno”, atualmente os tablets e celulares já fazem parte da rotina dos jovens estudantes, mesmo nos momentos de estudo. Pensando nessa nova realidade, o uso de chatbots criados para instituições de ensino, das creches às universidades, podem auxiliar tanto os responsáveis quanto os alunos. Quer ver como?  

Como as escolas podem utilizar os chatbots?

Em rotinas cada vez mais atribuladas, manter o contato com a escola dos filhos se torna cada vez mais difícil. Seja para acessar as informações financeiras, receber avisos do colégio, novidades ou eventos, ter um canal online como o chatbot, sem precisar logar em um site ou aplicativo, pode facilitar, e muito, a rotina dos responsáveis, cada vez mais acostumados a realizarem contato por mensagens.  

Já para as instituições de ensino, seja presencial ou cursos de e-learning, manter o chatbot representa o diferencial de ter um canal de contato disponível 24 horas, inclusive aos fins de semana e fora do horário comercial, o que facilita tantos os estudantes quanto os responsáveis a resolverem seus problemas e dúvidas pontuais.

Chatbots na educação:

Como indicamos, especialmente para os jovens millenials, entrar em contato com marcas, lojas e estabelecimentos por aplicativos de mensagens já é um hábito cada vez mais comum. Assim, utilizar os chatbots para aproximar esses jovens da rotina de estudos é uma possibilidade: os primeiros testes já indicam que bots que respondem datas de provas, bibliografias indicadas, links de referência ou mesmo oferecem dados complementares já estão sendo aplicados.

O EconBot, por exemplo, foi desenvolvido por uma universidade à distância espanhola para ajudar e incentivar os alunos de Economia a memorizarem conceitos mais importantes de cada disciplina. Na prática, o chatbot enviava mensagens de incentivo para o estudo durante o mês e a cada classe virtual o aluno poderia interagir com o chatbot, avaliando o que foi aprendido nas classes, permitindo que o professor conseguisse avaliar as principais dúvidas que apareciam.

Dessa forma, para atender uma geração de alunos que já nasceu conectada, as instituições de ensino terão o desafio de atualizarem e adotarem novos canais para facilitar tanto o contato com as áreas administrativas, quanto a rotina de ensino, passando, inevitavelmente, pelas novas telinhas dos tablets e dos celulares. Gerar uma melhor experiência de atendimento para pais, professores e alunos não é mais uma possibilidade futura, mas uma realidade com o desenvolvimento dos chatbots.

Quer saber mais como os chatbots podem ter aplicações que vão muito além do atendimento eficiente ao cliente? Acesse nossos conteúdos semanais  sobre chatbots.

Deixe um robô trabalhar para você! Entre em contato com a Livetalk.

LEIA TAMBÉM