A Inteligência Artificial afeta o mercado e as profissões?

Quando falamos na aplicação da Inteligência Artificial no mercado de trabalho, um receio comum é que as máquinas possam, gradualmente, assumir funções de colaboradores, o que causaria desemprego e o fim de algumas ocupações atuais.  O que pouco analisamos, porém, são as novas possibilidades, oportunidades e profissões que essa tecnologia trará já nos próximos anos, causando uma mudança em diversas áreas.

Inteligência artificial X profissionais

Primeiro, essa mudança não é algo novo, nem exclusivo da Inteligência Artificial ou dos chatbots. As evoluções tecnológicas sempre causaram mudanças no mercado, com o fim e o surgimento de novas oportunidades. Basta lembrar, por exemplo, que até décadas passadas existia a função da telefonista, responsável para completar todas as ligações, até que esse serviço fosse automatizado e a profissão se extinguisse.

Hoje, estamos vivenciando algo semelhante: de acordo com o Fórum Econômico Mundial, até 2020, 5 milhões de pessoas podem perder suas funções atuais com a aplicação da Inteligência Artificial nas empresas.

Calma, nem todo o emprego está perdido… Nessa evolução, quanto mais operacional e burocrática for a função, mais provável que ela seja substituída nos próximos anos pelo avanço da Inteligência Artificial, como o primeiro atendimento ao cliente com as interações dos chatbots, por exemplo, promovendo economia para as empresas e atendimento sete dias por semana para os clientes.

Já as profissões que envolvem criatividade, análise, planejamento, experiência do consumidor e desenvolvimento de tecnologias continuam em alta e serão, na verdade, cada vez mais solicitadas para etapas em que as máquinas não podem ainda atuar ou mesmo para deixar a experiência dessas tecnologias ainda mais personalizadas.

Preparando-se para o futuro da Inteligência Artificial!

Um paradoxo é que ao mesmo tempo que há reclamação da evolução da Inteligência Artificial no mercado de trabalho, muitas empresas já têm dificuldade em preencher vagas que exigem uma habilidade analítica ou ligadas às tendências tecnológicas, por isso, estar preparado para essas novas demanda pode ser um diferencial real para já para os próximos anos.

Na verdade, estamos em um momento em que muitos cargos ainda serão alterados,  compreendidos e desenvolvidos. O que temos certeza, porém, é que a Inteligência Artificial e a evolução dos chatbots terá um impacto significativo já nos próximos anos em diversas profissões e estar preparado para acompanhar essa mudança poderá significar a estagnação ou a evolução de carreiras.

Deixe um robô trabalhar para você! Entre em contato com a Livetalk.

LEIA TAMBÉM